Gás natural dispara para novo preço recorde nos 320 euros por MWh

O gás natural disparou 51% esta segunda-feira para novo recorde nos 320 euros por MWh, perante a possibilidade de a Europa e EUA proibirem importações do gás russo.

Com a Europa e os EUA a considerarem a possibilidade de proibirem importações de energia da Rússia, também o preço do gás natural está a disparar no mercado europeu, com o contrato de referência a atingir um novo recorde nos 320 euros por megawatt hora (MWh).

A Rússia representa 40% das importações de gás da Europa e a possibilidade de cortar com este importante fornecedor está a deixar os investidores europeus bastante apreensivos. O preço do gás de referência no mercado europeu, o TTF holandês, atingiu esta segunda-feira os 320,05 euros por MWh, uma subida de 51% face ao início da sessão. Entretanto, a cotação aliviava a meio da manhã, seguindo nos 265 euros.

Este fim de semana, o secretário de Estado dos EUA Antony Blinken adiantou que a Europa e os EUA estão a explorar a proibição de importações de petróleo e gás russo, naquilo que seria mais uma sanção aplicada a Moscovo por causa da guerra na Ucrânia que vai já no 12.º dia e sem fim à vista.

Para já, as sanções ainda não visaram o setor energia, mas esse cenário poderá mudar em breve e implicar uma corrida massiva por alternativas. Em todo o caso, são já várias as companhias do setor na Europa que estão a cortar com a Rússia, não só em relação ao gás, mas também em relação ao petróleo.

Por causa da possibilidade de proibir as importações de energia da Rússia, também os preços do petróleo estão a disparar nos mercados internacionais, sendo que o Brent negociado em Londres chegou perto dos 140 dólares por barril esta manhã, o valor mais elevado desde 2008.

(Notícia atualizada às 9h37)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Gás natural dispara para novo preço recorde nos 320 euros por MWh

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião