BRANDS' ADVOCATUS História da CMS Rui Pena & Arnaut

  • BRANDS' ADVOCATUS
  • 11 Março 2022

Nuno Pena, sócio fundador da CMS Rui Pena & Arnaut, conta a história de como se ergueu a sociedade que conta hoje com escritórios em mais de 73 cidades e cerca de oito mil colaboradores.

A nossa história remonta a 1964 quando Rui Pena se estabeleceu como advogado e lançou as bases do que somos hoje. Generosidade, competência, criatividade, e um exigentíssimo padrão ético são a marca intemporal que nos anima.

Em 1987, adotámos pela primeira vez uma estrutura societária integrando já então muitos daqueles que são, ainda atualmente, sócios da CMS Rui Pena Arnaut. Mais tarde, corria o ano de 2002, constituímos a sociedade atual. Éramos então oito sócios. Seis tinham tido o seu primeiro contacto com a advocacia pela mão de Rui Pena. Com ele partilham ainda a viva vontade de aprender sempre mais e de ir sempre mais longe. Seguiram-se anos de enorme esforço e sacrifício de todos, mas sempre de muita alegria. Definimos então uma estratégia tendente à internacionalização. A entrada progressiva, nos anos que se seguiram, de um conjunto de sócios com vasta experiência oriundos de grandes sociedades internacionais veio reforçar de forma significativa o nosso projeto.

Nuno Pena, sócio fundador da CMS Rui Pena & Arnaud

Sempre coesos, e apetrechados de novos recursos e competências, desenvolvemos e colocámos em marcha um plano genérico e fundamental que asseguraria a qualidade das nossas equipas e a sua constante orientação para o cliente. Assim, sempre atentos às necessidades diversificadas de um mercado global, exigindo abordagens integradas, o contributo dos novos sócios, aliado às competências dos fundadores, permitiu que adquiríssemos uma posição de destaque no mercado e em todas as áreas de prática.

“Tudo isto porque somos curiosos, multifacetados e imaginativos. Apaixonados. Porque vamos onde os nossos clientes vão. Não se estranhe, já hoje, que um dia venhamos a abrir um escritório na Lua e com os pés bem assentes na Terra. Somos sonhadores realistas. Desde a primeira hora.”

O nosso projeto de internacionalização teve o seu momento mais relevante em 2012, quando é concretizada a entrada para a organização internacional de sociedades de advogados CMS. Operamos hoje em mais de 44 países, temos escritórios em mais de 73 cidades e contamos com mais de 8.000 colaboradores. A decisão de integrar uma das maiores estruturas globais de sociedades de advogados cumpria a nossa ambição de nos tornarmos um escritório verdadeiramente internacional – capaz de dar resposta global a clientes nacionais em expansão, bem como a clientes internacionais investindo em Portugal – apoiados no conhecimento local dos muitos escritórios espalhados pela Europa, América Latina, África, Médio Oriente e China. Alargámos os nossos horizontes o que nos permitiu acompanhar a ambição e exigências de internacionalização dos nossos clientes.

Tudo isto porque somos curiosos, multifacetados e imaginativos. Apaixonados. Porque vamos onde os nossos clientes vão. Não se estranhe, já hoje, que um dia venhamos a abrir um escritório na Lua e com os pés bem assentes na Terra. Somos sonhadores realistas. Desde a primeira hora.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

História da CMS Rui Pena & Arnaut

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião