Superiate de oligarca russo preso na Noruega por falta de combustível

  • ECO
  • 16 Março 2022

Fornecedores locais recusam-se a abastecer o superiate de Vladimir Stezhalkovsky, oligarca russo que fez fortuna com o níquel e foi agente do KGB.

Um superiate detido por um oligarca russo está preso a norte da Noruega por falta de combustível, noticia o The New York Times esta quarta-feira.

O navio, que tem o nome de Ragnar, é propriedade de Vladimir Strzhalkovsky, um antigo agente do KGB, e está parado porque os fornecedores locais se recusam a abastecer a embarcação.

O jornal escreve esta quarta-feira que o navio está atracado no porto de Narvik há várias semanas, contando com uma tripulação de 16 pessoas.

“Porque é que havíamos de os ajudar? Eles podem remar até casa, ou usar uma vela”, disse Sven Holmlund, fornecedor local de combustível, citado pelo jornal.

O oligarca não está abrangido pelas sanções do Ocidente, pelo menos até ao momento. Mas Strzhalkovsky é próximo do Presidente russo Vladimir Putin, tendo feito fortuna na mineração de níquel, segundo o jornal.

Políticos de vários partidos na Noruega têm apelado ao Governo para que confisque o navio, mas o executivo considera não ter forma de o fazer de forma unilateral, sem orientação europeia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Superiate de oligarca russo preso na Noruega por falta de combustível

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião