Desemprego registado cai de novo para 344.264 pessoas em fevereiro

O número de desempregados registados em fevereiro de 2022 é o mais baixo desde março de 2020. Caiu face ao mesmo período do ano anterior, bem como relativamente a janeiro.

No final de fevereiro, estavam registados, nos Serviços de Emprego do continente e regiões autónomas, 344.264 indivíduos desempregados, revelam os dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) divulgados esta segunda-feira. Este número representa uma queda face ao mesmo período do ano anterior, bem como face a janeiro.

O número de desempregados registados em fevereiro de 2022 é mesmo o mais baixo desde março de 2020, quando a pandemia de Covid-19 chegou a Portugal.

Quanto à comparação homóloga, a queda no número de desempregados registados face a janeiro de 2021 foi de 20,3%, enquanto a redução relativamente ao mês anterior foi de 3,3%. Para esta variação homóloga contribuiu “com destaque, os grupos dos indivíduos que estão inscritos há menos de um ano, os indivíduos que procuram novo emprego e os que possuem idade igual ou superior a 25 anos”, explica o IEFP.

O desemprego registado caiu em todas as regiões do país face a fevereiro de 2021, com as maiores quedas registadas no Algarve (30,8%) e na Madeira (29%), zonas com uma economia fortemente dependente do turismo, que foi afetado pelas restrições às viagens devido à pandemia.

Olhando para a atividade económica de origem dos desempregados, a larga maioria (73,2%) tinha trabalhado no setor dos serviços, nomeadamente nas atividades imobiliárias, administrativas e dos serviços de apoio.

O IEFP adianta ainda que as ofertas de emprego por satisfazer totalizavam 17.291 no final do mês de fevereiro, nos serviços de todo o país, o que se traduz num aumento anual de 47,6% e mensal de 10,6%. Já as colocações realizadas no segundo mês do ano foram de 6.493.

(Notícia atualizada às 11h05)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Desemprego registado cai de novo para 344.264 pessoas em fevereiro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião