📹IRS automático foi utilizado por mais de 1,8 milhões de contribuintes. Veja se está incluído

São já vários os contribuintes com a declaração de IRS pré-preenchida, incluindo trabalhadores a "recibos verdes".

Depois do alargamento do ano passado, o IRS automático ficou disponível para mais portugueses. São mais de 3 milhões os contribuintes que têm acesso a uma declaração já previamente preenchida pelo Fisco, facilitando assim a entrega do IRS, que arrancou a 1 de abril e se prolonga até 30 de junho. No ano passado, mais de 1,8 milhões de portugueses aproveitaram este mecanismo.

Entre as pessoas abrangidas por este mecanismo encontram-se agora também cerca de 250 mil trabalhadores independentes. Ainda não abrange todo o universo. Veja o vídeo para perceber quem está incluído.

Os contribuintes abrangidos pelo IRS Automático e que durante o respetivo prazo de entrega não confirmem a declaração automática de IRS nem entreguem a declaração nos termos gerais “verão, no final desse prazo, a declaração automática provisória tornar-se definitiva e ser considerada como a declaração entregue para todos os efeitos legais”, como sinalizam as Finanças.

Em 2021, 32,25% de todas as declarações de IRS entregues, referentes aos rendimentos de 2020, foram através deste mecanismo. Quase o dobro face a 2016, quando esta funcionalidade passou a estar disponível.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

📹IRS automático foi utilizado por mais de 1,8 milhões de contribuintes. Veja se está incluído

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião