“Estarei cá quatro anos e seis meses”, garante Costa

Primeiro-ministro dirigiu-se a Rui Rio e afirmou que estará no Governo até ao final do mandato.

O primeiro-ministro assegura que se vai manter no Governo até ao fim do atual mandato. Durante o debate do Programa do Governo no Parlamento, esta quinta-feira, António Costa dirigiu-se a Rui Rio, afirmando ter a “sensação” de que o social-democrata “queria uma segunda volta das eleições”.

“Estarei cá mais quatro anos e seis meses”, afirmou António Costa, dirigindo-se diretamente a Rui Rio. “Fiquei com a sensação de que queria uma segunda volta das eleições. Mas a ver o bom exemplo da segunda volta que conseguiu no círculo da Europa, vamos a isso”, atirou o primeiro-ministro, entre risos, recebendo os aplausos da banca socialista.

António Costa continuou e acrescentou: “Começo, aliás, a perceber porque é que vai adiando as eleições internas do seu partido… é a ver se ainda a tempo de uma segunda volta comigo”. Foi aqui que o primeiro-ministro afirmou que estará no Governo “mais quatro anos e seis meses” à espera de Rui Rio. “Portanto, tem tempo de ir e voltar e eu ainda cá estarei”, atirou.

Estas declarações surgem depois de Marcelo Rebelo de Sousa, durante a tomada de posse do novo Governo, ter avisado o primeiro-ministro que será difícil a sua substituição a meio da legislatura. “Agora que ganhou, e ganhou por quatro anos e meio, tenho a certeza de que vossa excelência sabe que não será politicamente fácil que esse rosto, essa cara que venceu de forma incontestável e notável as eleições, possa ser substituída por outra a meio do caminho”.

“Já não era fácil no dia 30 de janeiro, tornou-se ainda mais difícil depois do dia 24 de fevereiro”, acrescentou o Presidente da República, dirigindo-se diretamente a António Costa, e referindo-se à invasão russa da Ucrânia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

“Estarei cá quatro anos e seis meses”, garante Costa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião