Trabalhadores de handling da Portway desconvocam greve para a Páscoa

O Sindicado Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil já não vai realizar a greve marcada para 15, 16 e 17 de abril, afirma a empresa de handling da ANA em comunicado.

O Sindicado Nacional dos Trabalhadores da Aviação Civil (SINTAC) desconvocou a greve do fim de semana da Páscoa (dias 15, 16 e 17 de abril), informa a Portway, empresa que faz o handling de várias companhias aéreas nos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro, Funchal e Beja.

“Para a Portway, este é um passo importante para um diálogo social construtivo, no sentido de convergir em soluções que permitam a recuperação e a estabilidade da empresa e a contínua melhoria das condições de trabalho”, diz a empresa detida pela ANA, em comunicado.

Também o SINTAC informou ao início da tarde que “acordou com a empresa em retirar o pré-aviso de greve para os dias 15, 16 e 17 de Abril após a empresa ter aceite efetuar uma rigorosa quantificação dos valores e respetivo levantamento das progressões de carreira em falta numa calendarização que se inicia a 29 de abril e tem como data limite da sua aplicação a 29 de Julho”.

O SINTAC tinha anunciado, a 1 de abril, que “colocou um pré-aviso de greve total ao trabalho nos dias 15, 16 e 17 de abril de 2022 na empresa Portway Handling de Portugal [de assistência em terra] em todos os aeroportos nacionais onde a mesma opera”.

O sindicado acusou a empresa de não cumprir com o pagamento de feriados, conforme estipulado no Acordo de Empresa, nem com a evolução das carreias. Segundo o SINTAC, 90% dos trabalhadores da Portway tiveram nota negativa nas avaliações, sem possibilidade de recurso, “impossibilitando assim a progressão da carreira.”

“Para agravar a situação, a Portway discrimina trabalhadores afirmando inclusivamente em sede de Ministério do Trabalho que a suposta avaliação só é válida para certos trabalhadores filiados em determinados sindicatos”, acrescentava o comunicado do sindicato.

A Portway não refere o que levou a que a paralisação fosse desconvocada, escrevendo apenas que “reconhece todo o esforço efetuado pelos seus colaboradores e mantém o compromisso de partilhar com todos o resultado da recuperação do mercado, que poderá ser possível verificar-se até ao final do ano”.

Além do SINTAC, também o Sindicato dos Trabalhadores dos Aeroportos Manutenção e Aviação (STAMA) lançou vários pré-avisos de greve para este ano na Portway. As paralisações estão marcadas para os dias 30 de abril, 14 de maio, 4 de junho, 11, 12, 24 e 25 de junho, 2, 16 e 30 de julho, 6 e 20 de agosto, 3 e 17 de setembro, 1 e 15 de outubro, 05 e 19 de novembro, 4, 23 e 25 de dezembro.

(Notícia atualizada às 13h50 com informação do SINTAC)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Trabalhadores de handling da Portway desconvocam greve para a Páscoa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião