Reino Unido congela 10 mil milhões de libras em ativos de sócios de Abramovich

Sócios de Abramovich com 10 mil milhões de libras em ativos congelados no que foi descrito como “o maior congelamento de ativos na história do Reino Unido”, por gerirem entidade associada ao oligarca.

O Reino Unido vai congelar cerca de 10 mil milhões de libras em ativos associados aos sócios do oligarca russo, Roman Abramovich, avançou esta quinta-feira o Financial Times (acesso condicionado).

Eugene Tenenbaum e David Davidovich foram alvo da mais recente vaga de sanções aplicadas, pelo Reino Unido, em função da invasão russa da Ucrânia. Tenenbaum, diretor do Chelsea Football Club, terá assumido em 24 de fevereiro (data de início da invasão) o controlo da Ervington Investments, uma investidora associada a Abramovich, avança o Governo. Por sua vez, Davidovich terá assumido o controlo da Ervington Investments em março, diz a fonte com base em documentos empresariais.

Com as sanções a Tenenbaum e Davidovich, o total de oligarcas, familiares e associados da Rússia, afetados pelas sanções do Reino Unido, passa para 106. Além de ter os bens congelados, Davidovich encontra-se ainda proibido de viajar.

A medida foi considerada “o maior congelamento de ativos na história do Reino Unido”, disse a secretária dos Negócios Estrangeiros do Reino Unido, Liz Truss. A responsável acrescentou ainda que “vamos continuar com as sanções até que Putin falhe na Ucrânia. Nada nem ninguém está fora da mesa”.

As sanções surgem um dia depois de um tribunal nas Ilhas do Canal de Jersey ordenar o congelamento de mais de 7 mil milhões de dólares em ativos associados a Abramovich, sendo que o Governo do Reino Unido avançou que as suas sanções foram coordenadas com esta entidade.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Reino Unido congela 10 mil milhões de libras em ativos de sócios de Abramovich

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião