Musk assegura 46 mil milhões para comprar Twitter

Líder da Tesla diz que está pronto a avançar com a oferta de 43 mil milhões de dólares para comprar o Twitter, depois de ter assegurado todos os fundos para financiar a operação.

Elon Musk desvendou o seu plano de financiamento de 46 mil milhões de dólares para comprar o Twitter e diz que está pronto para lançar uma oferta pelas ações da rede social, de acordo com um comunicado enviado ao mercado.

O líder da Tesla assegurou um financiamento de 25,5 mil milhões de dólares — incluindo 12,5 mil milhões relativos a um empréstimo que tem por base as suas ações da Tesla – junto de um grupo de bancos liderado pelo Morgan Stanley, o seu advisor financeiro.

Separadamente, irá pessoalmente avançar com 21 mil milhões em capital próprio, segundo os documentos submetidos esta quinta-feira na Securities and Exchange Commission (SEC), o regulador do mercado dos EUA.

Este plano de financiamento é apresentado depois de Musk, o segundo maior acionista do Twitter, ter feito uma oferta de 43 mil milhões de dólares pela rede social, que sairá de bolsa caso a operação seja bem-sucedida.

O Twitter contratou o JPMorgan Chase e o Goldman Sachs como seus advisors neste negócio. As ações sobem cerca de 0,5% para os 46,9 dólares esta quinta-feira.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Musk assegura 46 mil milhões para comprar Twitter

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião