5 coisas que vão marcar o dia

  • Joana Abrantes Gomes
  • 18 Maio 2022

No mesmo dia em que se ficará a conhecer a taxa de inflação nos países da UE e da Zona Euro em abril, há resultados financeiros do 1.º trimestre de mais uma cotada do PSI e um duplo leilão de BT.

Sem sinal à vista do fim da guerra na Ucrânia, esta quarta-feira saem novos dados da inflação nos Estados-membros da União Europeia, desta vez relativos ao mês de abril. O Conselho de Finanças Públicas (CFP) publica o relatório sobre a Evolução Orçamental das Administrações Públicas no ano passado, enquanto o Banco de Portugal dá a conhecer os dados trimestrais da dívida externa líquida. A Sonae apresenta as contas de janeiro a março, num dia em que o IGCP realiza mais um leilão duplo de Bilhetes do Tesouro (BT).

Eurostat publica dados da inflação

O gabinete estatístico da União Europeia (UE) publica esta quarta-feira o Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) de abril. Em março, segundo o Eurostat, a taxa de inflação homóloga ultrapassou os 7% tanto na UE como na Zona Euro. Entre os Estados-membros, Portugal registou uma das taxas de inflação mais baixas, fixada em 5,5%.

Como evolui o orçamento das Administrações Públicas?

O Conselho de Finanças Públicas (CFP) divulga esta quarta-feira o relatório sobre a Evolução Orçamental das Administrações Públicas em 2021. No ano anterior, as Administrações Públicas regressaram a uma situação de défice orçamental (5,7% do PIB), após terem alcançado pela primeira vez um excedente anual em 2019 (0,1% do PIB), uma deterioração que se deveu em mais de metade ao impacto orçamental direto das medidas de resposta à crise pandémica (2,3% do PIB) e às medidas de apoio financeiro à TAP e à SATA (0,7% do PIB).

Sonae apresenta resultados do 1.º trimestre

Também esta quarta-feira, a empresa liderada por Cláudia Azevedo dá a conhecer os resultados financeiros relativos aos primeiros três do ano. A Sonae fechou 2021 com lucros de 268 milhões de anos, o valor mais elevado dos últimos oito anos e que representa um crescimento de 45,6% face ao ano anterior. O volume de negócios consolidado subiu 5,3% e atingiu um valor recorde, ultrapassando os sete mil milhões de euros.

IGCP realiza dois leilões de BT para arrecadar até 1.750 milhões

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) realiza, pelas 10h30, dois leilões de Bilhetes do Tesouro (BT), com maturidades em 18 de novembro de 2022 (seis meses) e 19 de maio de 2023 (12 meses) e um montante indicativo global entre 1.500 milhões e 1.750 milhões de euros. Na semana passada, Portugal colocou 750 milhões de euros em Obrigações do Tesouro a cerca de oito anos.

BdP divulga dívida externa líquida

O Banco de Portugal publica esta quarta-feira os dados da posição de investimento internacional (PII) referentes ao primeiro trimestre deste ano, um indicador que permite apurar a dívida externa. A PII de Portugal tornou-se menos negativa no último mês de 2021, com o saldo entre os ativos financeiros sobre o exterior detidos por residentes e os passivos emitidos por residentes e detidos pelo resto do mundo a passar de -104,8% do PIB (-209,7 mil milhões de euros) no final de 2020 para -95,8% do PIB (-202,6 mil milhões de euros) no final de dezembro de 2021. A dívida externa líquida portuguesa reduziu para 80,7% no final de 2021, o valor mais baixo desde o terceiro trimestre de 2009.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião