Atividade da Zona Euro abranda ligeiramente em maio

  • Lusa
  • 24 Maio 2022

Atividade da Zona Euro desceu nove décimas face a abril (55,8 pontos), atingindo 54,9 pontos em maio, mas este foi o 15.º mês consecutivo de crescimento económico.

A atividade da Zona Euro abrandou ligeiramente em maio, embora o crescimento tenha permanecido “robusto” apesar do impacto da guerra na Ucrânia, da escassez de certos fornecimentos e do aumento do custo de vida.

O índice PMI (Purchasing Managers’ Index) da atividade da Zona Euro da S&P Global, que agora integra o IHS Markit, divulgado esta terça-feira, atingiu 54,9 pontos em maio, menos nove décimas que em abril (55,8 pontos), mas manteve-se acima da marca dos 50 pontos que separa o crescimento da contração.

Maio foi o 15.º mês consecutivo de crescimento económico, impulsionado pelo dinamismo do setor dos serviços perante o alívio dos constrangimentos relacionados com a pandemia, que favoreceu a recuperação do turismo e do lazer.

A produção da indústria transformadora recuperou ligeiramente depois de ter quase parado em abril, embora “tenha permanecido muito modesta”, dado o constrangimento resultante da escassez de fornecimentos, que também afetou os prazos de entrega dos fornecedores.

Estes prazos foram ligeiramente mais curtos do que nos meses anteriores, o que ajudou a impulsionar o setor automóvel, embora outros setores industriais tenham comunicado um crescimento mais lento da produção.

As novas encomendas da indústria transformadora caíram em maio pela primeira vez desde junho de 2020.

A criação de empregos aumentou em ambos os setores, especialmente nos serviços, que registaram o maior aumento desde 2007.

Os preços registaram uma subida que foi a segunda maior da série histórica, em linha com os aumentos de custos, que foram os terceiros mais fortes de que há registo devido ao impacto da energia.

O otimismo para o futuro deteriorou-se ligeiramente devido à guerra na Ucrânia, atingindo o seu nível mais baixo no último ano e meio.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Atividade da Zona Euro abranda ligeiramente em maio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião