Santander Totta conclui aumento de capital de 135 milhões de euros

O banco liderado por Pedro Castro e Almeida anunciou que o aumento de capital que tinha sido aprovado a 4 de maio pelos acionistas foi “totalmente subscrito e realizado”.

O Banco Santander Totta informou esta terça-feira que o aumento de capital, que teve luz verde no início deste mês em assembleia geral, foi “totalmente subscrito e realizado, tendo sido concluído hoje o respetivo registo comercial”.

Após este aumento no valor de 135 milhões de euros, o capital social da instituição financeira sobe para um total de 1.391.779.674 euros, de acordo com uma breve nota que acaba de ser enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Na altura da aprovação por parte dos acionistas, o banco tinha informado que o período de subscrição iria ocorrer do dia 6 ao dia 20 de maio, inclusive, sendo que a liquidação financeira aconteceria precisamente a 24 de maio, salvo se a administração decidisse adiar este prazo.

Por conta dos resultados financeiros de 2021, o Santander Totta pagou um dividendo de aproximadamente 0,22 euros por ação. Já no primeiro trimestre deste ano registou lucros de 155,4 milhões de euros, o que representou uma subida homóloga de 350% (mais do que o quádruplo).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Santander Totta conclui aumento de capital de 135 milhões de euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião