Lisboa avança pela quinta sessão à boleia do BCP e Galp

Bolsa portuguesa prolonga ganhos pela quinta sessão e está em máximos de sete anos. Praças europeias também despertaram esta quarta-feira com apetite pelo risco.

A bolsa de Lisboa avança pela quinta sessão seguida, sendo impulsionada esta quarta-feira pelos títulos do BCP e do setor energético. Lá fora também se inicia o dia a recuperar das quedas na véspera.

O PSI soma 0,74% para 6.176,46 pontos, o valor mais alto dos últimos sete anos, e vai no ciclo mais prolongado de ganhos desde o final de março.

No plano europeu, depois de uma sessão asiática positiva, os ganhos nos principais índices situam-se entre os 0,7% registados em Paris e Frankfurt e 1% em Madrid. O Stoxx 600, que reúne as 600 principais companhias do Velho Continente, está em alta de 0,75%.

A Reuters divulgou os resultados de uma sondagem junto de gestores de fundos sobre as perspetivas para a evolução das ações, concluindo que o aperto da política monetária, os receios de uma recessão e o impacto económico da guerra na Ucrânia vão continuar a condicionar as subidas dos índices ao longo deste ano.

O BCP lidera os ganhos na praça portuguesa, com as ações a saltarem 2,12% para 0,1833 euros. O banco tem sido um dos mais beneficiados com a perspetiva de subida dos juros por parte do Banco Central Europeu (BCE), que ajudará a aumentar os ganhos com a margem financeira do setor. A presidente Lagarde reiterou esta terça-feira a ideia de que o banco central deixará de ter juros negativos nos depósitos até final de setembro.

O setor da energia também dá um impulso ao PSI. A Galp valoriza 1,72% para 11,51 euros, ao mesmo tempo que a EDP e a EDP Renováveis ganham 0,97% e 0,22%, respetivamente.

A Greenvolt avança 0,44% para 6,81 euros, depois de ter apresentado lucros de 1,3 milhões de euros no primeiro trimestre, mais 43% em relação ao mesmo período do ano passado.

Por outro lado, quatro cotadas seguiam abaixo da linha de água e travavam uma maior ambição em Lisboa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lisboa avança pela quinta sessão à boleia do BCP e Galp

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião