Há 16 novos casos de Monkeypox, num total de 74 infeções detetadas em Portugal

Autoridades de saúde detetaram mais 16 casos de infeção humana pelo vírus Monkeypox, num total de 74 casos já detetados em Portugal, todos homens entre 23 e 61 anos de idade.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou, num comunicado, que foram detetados mais 16 casos de infeção humana pelo vírus Monkeypox em Portugal, também chamado de varíola dos macacos. No total, já foram identificados 74 casos no país, todos homens entre 23 e 61 anos. Os casos localizam-se nas regiões de Lisboa e Vale do Tejo, Norte e Algarve.

O balanço divulgado esta sexta-feira dá conta de “mais 16 casos de infeção humana” por Monkeypox em Portugal, num total de 74 casos já detetados. “A maioria das infeções foram notificadas, até à data, em Lisboa e Vale do Tejo, mas também há registo de casos nas regiões Norte e Algarve”, indica a DGS.

De acordo com a entidade dirigida por Graça Freitas, “todas as infeções confirmadas são em homens entre os 23 e os 61 anos, tendo a maioria menos de 40 anos”. Os casos foram confirmados pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

Estas pessoas estão sujeitas a “acompanhamento clínico” e encontram-se “estáveis”, segundo a DGS. “A informação recolhida através dos inquéritos epidemiológicos está a ser analisada para contribuir para a avaliação do surto a nível nacional e internacional”, refere a direção-geral.

O vírus manifesta-se nestes indivíduos através de “erupção cutânea, lesões ulcerativas, gânglios palpáveis”. Estes sintomas podem ser “eventualmente acompanhados de febre, arrepios, dores de cabeça, dores musculares e cansaço”. As pessoas que apresentem esta sintomatologia devem “procurar aconselhamento clínico”, apela a DGS, mas, ao dirigirem-se a uma unidade de saúde, “deverão cobrir as lesões cutâneas”, explica.

Do lado da prevenção, a DGS aconselha, perante sintomas suspeitos, a abstenção de contacto físico direto com outras pessoas, partilha de vestuário, toalhas, lençóis e objetos pessoais, “enquanto estiverem presentes as lesões cutâneas, em qualquer estadio, ou outros sintomas”, refere a DGS, que “continua a acompanhar a situação a nível nacional, em articulação com as instituições europeias”.

(Notícia atualizada pela última vez às 12h42)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Há 16 novos casos de Monkeypox, num total de 74 infeções detetadas em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião