Rui Moreira acha “perfeitamente natural” que Turismo incentive parcerias com companhias aéreas estrangeiras

  • Lusa
  • 27 Maio 2022

Presidente da Câmara do Porto desvaloriza polémica com incentivo do Turismo de Portugal para que o Norte procure parcerias com companhias aéreas estrangeiras, como a Iberia, em detrimento da TAP.

Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, considerou ser “perfeitamente natural” que o Turismo de Portugal incentive parceiras com companhias áreas estrangeiras, nomeadamente a espanhola Iberia, em detrimento da TAP.

O autarca portuense considerou que Luís Simões, presidente do Instituto do Turismo de Portugal, mostrou “seriedade” ao ter promovido, numa reunião com agentes da região Norte, uma maior aposta no serviço da Iberia, perante o que é disponibilizado pela companhia de bandeira portuguesa TAP no aeroporto Francisco Sá Carneiro.

Luís Simões “certamente está preocupado com o setor em todo o país, e não apenas em Lisboa. Não vejo motivo de escândalo ou perturbação. Mostrou seriedade ao dizer o que é evidente”, disse Rui Moreira.

O presidente da Câmara do Porto, que na quinta-feira à noite participou num debate, na Póvoa de Varzim, sobre regionalização e descentralização, considerou que, “se quem está à frente da TAP diz que a estratégia não passa pelo Porto, é preciso arranjar outras soluções”.

“A Iberia pode ser uma dessas soluções. Juntamente com a British Airways, têm uma enorme rede que cobre os Estados Unidos, a América do Sul e destinos africanos. A seguir a Lisboa, Madrid é o ‘hub’ mais próximo que temos, e bem maior”, analisou Rui Moreira.

O autarca da Invicta lembrou que várias companhias áreas de bandeira estrangeiras, e não apenas as low cost, “dizem que voar para o Porto é um bom negócio, mas a TAP continua a dizer que não é rentável”.

“Não damos subsídios para essas companhias [estrangeiras] prestarem o serviço no Porto, mas continuamos a subsidiar a TAP para se manter o hub de Lisboa. Temos de questionar o que será melhor e mais barato para o país”, acrescentou.

Rui Moreira apontou, ainda assim, a necessidade do aeroporto do Porto ter voos diretos para alguns destinos estratégicos, nomeadamente para Nova Iorque, nos Estados Unidos, e partilhou que há abertura do governo para apoiar companhias áreas que prestem esse serviço.

“Estamos a trabalhar nisso e o ministro [das Infraestruturas] Pedro Nuno Santos disse que está disponível para dar apoios, desde que encontremos companhias interessadas. E acredito que vamos encontrar”, concluiu Rui Moreira.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Rui Moreira acha “perfeitamente natural” que Turismo incentive parcerias com companhias aéreas estrangeiras

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião