Turismo de Portugal diz que TAP é, afinal, “essencial em todo o território”

Turismo de Portugal não desmente a recomendação do seu presidente ao Norte para apostar na Iberia e no aeroporto de Madrid. Realça o papel da TAP, mas também da concorrentes espanhola.

“A TAP enquanto companhia aérea nacional é não só essencial para o setor em todo o território nacional como um parceiro estratégico do Turismo de Portugal”, afirma esta entidade num comunicado divulgado ao início da tarde, em reação à notícia de que o seu presidente, Luís Araújo, aconselhou os agentes do setor no Norte a deixarem de lado a TAP e focarem-se na espanhola Iberia e no aeroporto de Madrid.

O comunicado não desmente o relato noticiado hoje pelo Jornal de Notícias, segundo o qual Luís Araújo incentivou a região Norte a centrar a estratégia nas rotas e no programa da Iberia e na infraestrutura da capital espanhola, durante uma reunião promovida pelo Turismo do Porto e Norte.

“O presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, pediu ajuda para transformar Madrid no aeroporto de conectividade internacional para o Porto”, disse ao JN fonte presente na reunião. E lembrou que “a Iberia tem naquele aeroporto ligações que cobrem praticamente todos os continentes”. A reunião contou também com a presença da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques.

Salientando o papel da TAP, o Turismo de Portugal não deixa de referir o papel que a transportadora aérea espanhola pode desempenhar. “Sem prejuízo, e considerando que a Iberia incluiu recentemente os destinos de Porto e Lisboa no seu programa [de stopover], tem sido desenvolvido um trabalho no sentido de tornar ainda mais atrativos estes destinos para os passageiros que fazem ligação em Espanha”, afirma o comunicado.

Um trabalho que a entidade liderada por Luís Araújo tem feito também com a companhia portuguesa. “O mesmo se passa com o programa stopover da TAP com quem o Turismo de Portugal tem trabalhado no sentido de aumentar a sua atratividade e impacte para todos os aeroportos nacionais”.

O presidente da Câmara Municipal do Porto e empresários da região Norte têm contestado o fim de rotas operadas pela TAP naquela cidade. No último trimestre de 2021, o último para o qual existem dados, a empresa portuguesa transportou 13% dos passageiros no Sá Carneiro, ficando atrás da Ryanair (37%) e easyJet (17%). A principal rota internacional daquele aeroporto é para Paris-Orly.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Turismo de Portugal diz que TAP é, afinal, “essencial em todo o território”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião