BRANDS' CAPITAL VERDE Millennium continua a reduzir pegada ecológica

  • Capital Verde + Millennium bcp
  • 6 Junho 2022

Em 2021, toda a eletricidade consumida pelo Millennium bcp em Portugal foi 100% verde. Este foi apenas um dos números positivos da sua estratégia de sustentabilidade. Conheça os restantes.

“O caminho faz-se caminhando”, entoa-se no poema. Mas em matéria de sustentabilidade, o Planeta “pede” para acelerarmos o passo, não vá ficarmos sem plano B. As empresas sabem-no e estão cada vez mais comprometidas em fazer a diferença. É o caso do Millennium bcp que incorpora e promove uma cultura de responsabilidade ambiental e de combate e de adaptação às alterações climáticas.

A estratégia de sustentabilidade desenvolvida pelo banco inclui uma política ambiental de proteção do meio envolvente e da biodiversidade, preservação dos recursos naturais e a racionalização de consumos. Neste contexto, monitoriza regularmente um conjunto de indicadores de performance ambiental que mede a ecoeficiência no âmbito dos principais consumos.

A tendência de ecoeficiência do Millennium bcp tem sido bastante positiva nos últimos anos: entre 2016 e 2021, o banco conseguiu reduzir o consumo total de energia para menos de metade (59,6%). Só no consumo de eletricidade, registou uma diminuição de 51,4%. Já a emissão dos Gases com Efeito de Estufa (GEE) nestes últimos cinco anos, foi de menos 83,0%.

Pegada ecológica: 2021 em números

A tendência de mitigar a pegada ecológica do banco registou-se também o ano passado, com números muito reveladores desse compromisso. Em 2021, toda a eletricidade consumida pelo Millennium bcp em Portugal foi 100% verde, num mix de energia produzida pela central fotovoltaica do banco no Taguspark, em Oeiras, e de energia adquirida com certificado de origem renovável.

No mesmo ano, mesmo tendo sido atípico, muito marcado pela pandemia da Covid-19, a generalidade dos objetivos de otimização definidos pelo banco foram excedidos. Isto verificou-se no consumo de energia – baixou 17% face a 2020 (objetivo: -7%), com a eletricidade, em particular, a reduzir 31,7% (objetivo: -5%); de água – decresceu 15,4% (objetivo: -7%); e de plástico – diminui 31,7% (objetivo: -10%). O consumo de papel e cartão baixou ligeiramente (1,1%), tendo sido este um dos únicos elementos que ficou aquém do objetivo (-10%).

Ainda na senda de minimizar o seu impacto, só em 2021 o Millennium bcp reduziu as suas emissões GEE em 60,8%, em comparação com 2020, com uma acentuada diminuição das emissões indiretas (-99,1%). Este feito foi fruto do consumo de eletricidade 100% renovável, que compensou o acréscimo verificado nas emissões diretas (13,9%), valor que, no total, permitiu ir muito além da meta de redução aprovada para 2021 (-7%).

Estes resultados, que nos devem motivar a prosseguir políticas – e a assumir práticas diárias – que sustentem uma diminuição continuada dos consumos e do desperdício de recursos, no que constitui a melhor forma de materializarmos o nosso compromisso com a preservação do meio ambiente e dos recursos naturais no desenvolvimento da atividade, continuam a representar um importante contributo para o esforço de otimização dos custos operacionais, mas fundamentalmente para a mitigação da pegada ecológica do Millennium bcp.

Millennium bcp

Numa visão consolidada – Portugal, Polónia e Moçambique -, o grupo BCP conseguiu, mais uma vez, uma redução significativa no consumo de um conjunto de recursos em 2021, face a 2020:

  • -23% Eletricidade
  • -9% Materiais
  • -13% Energia
  • -22% Água
  • -22% GEE

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Millennium continua a reduzir pegada ecológica

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião