Alemanha eleva nível de alerta no fornecimento de gás e aproxima-se de estado de emergência

A Rússia terá reduzido o fornecimento de gás à Alemanha, ao longo dos últimos nove dias, em 60%.

A maior economia europeia, a alemã, subiu o nível de risco em relação ao fornecimento de gás para o segundo patamar mais alarmante, na sequência dos cortes ditados pela Rússia.

De acordo com a Bloomberg, citando o ministro da Economia alemão, a consequência desta subida passa pela reativação já anunciada das centrais térmicas a carvão e uma monitorização mais apertada do mercado.

O nível de alerta que se segue na escala do plano nacional de gás alemão, o terceiro e último nível, é o nível de emergência, explica o Financial Times. “Estamos numa crise de gás” afirmou já o ministro da Economia, Robert Habeck. “De agora em diante, o gás é um recurso escasso… os preços já estão elevados e devemos preparar-nos para mais aumentos. Isto terá um efeito na produção industrial e pesará bastante nos consumidores”.

A Rússia terá reduzido o fornecimento de gás à Alemanha, ao longo dos últimos nove dias, em 60%, indica a mesma publicação. O segundo nível de alerta no qual a Alemanha se encontra reconhece uma “deterioração substancial” no fornecimento, mas não pressupõe ainda medidas como o racionamento de gás aos clientes industriais.

O Governo comprometeu-se também a não ativar uma lei que permite às empresas energéticas passarem os custos crescentes para os clientes.

Os contratos de gás que servem de referência na Europa, os holandeses TTF, já subiram mais de 7% na sessão desta quinta-feira, para os 136,5 euros por megawatt-hora, o valor mais elevado desde março deste ano.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Alemanha eleva nível de alerta no fornecimento de gás e aproxima-se de estado de emergência

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião