Direto Conselho Europeu atribui à Ucrânia e Moldávia estatuto de candidato à UE

  • ECO
  • 23 Junho 2022

Líderes europeus chegaram a um acordo para conceder estatuto de candidato à União Europeia (UE) à Ucrânia e Moldávia, anunciou o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.

Os líderes dos 27 da União Europeia (UE) chegaram a um acordo esta quinta-feira sobre o processo de candidatura da Ucrânia ao bloco europeu, no arranque de uma cimeira em Bruxelas dominada pelo alargamento, com a guerra como pano de fundo.

Num Conselho Europeu de dois dias antecedido de uma reunião de líderes da UE e dos países dos Balcãs Ocidentais – há anos na “fila de espera” para aderir ao bloco comunitário -, os chefes de Estado e de Governo dos 27 concordaram dar à Ucrânia e à Moldávia o estatuto de candidato à UE.

Na última sexta-feira, o executivo comunitário recomendou a atribuição do estatuto de países candidatos à Ucrânia e Moldova, enquanto para a Geórgia propôs que lhe seja dada apenas “perspetiva europeia”, por considerar que são necessários mais passos para o estatuto de país candidato.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Conselho Europeu atribui à Ucrânia e Moldávia estatuto de candidato à UE

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião