Combustíveis vão ficar mais baratos. Gasóleo desce três cêntimos e gasolina um

Litro de gasóleo simples vai permanecer acima da fasquia dos dois euros, embora desça para 2,05 euros, e o da gasolina descerá para 2,111 euros. Mas valores ainda podem sofrer ajustamento.

E finalmente chegam boas notícias para quem vai abastecer o carro na segunda-feira. Tanto a gasolina como o gasóleo vão descer na próxima semana. O preço do litro gasóleo deverá descer três cêntimos, permanecendo, no entanto, acima da fasquia dos dois euros, e da gasolina apenas um, apurou o ECO junto de fonte do setor.

Tendo em conta os valores médios praticados nas bombas esta segunda-feira, isso significa que o litro de gasóleo simples vai permanecer acima da fasquia dos dois euros, embora desça para 2,05 euros, e o da gasolina simples 95 descerá para 2,111 euros. Mas estes valores ainda podem sofrer um ajustamento, tendo em conta o fecho das cotações do brent esta sexta-feira e do mercado cambial.

Não é certo que na próxima semana haja mudanças decorrentes da fiscalidade, porque estamos perante uma decida de preços, que de acordo com a aplicação da atualização semanal do ISP se deveria traduzir num aumento da fiscalidade já que a fórmula criada visa a neutralidade fiscal. Mas a verdade é que nunca foi assim. Desde que o mecanismo de revisão semanal dos valores do ISP foi introduzido, nunca houve uma subida do ISP, mesmo quando os preços desciam. O máximo que aconteceu foi não haver mexidas. Mas, tendo em conta as magras descidas que se esperam para a semana, o mais certo seria que isso não tivesse reflexo nos cálculos.

Por outro lado, na próxima semana há ainda que ter em conta um outro fator. Portugal já atingiu o limite mínimo do ISP do gasóleo definido pela diretiva europeia. O país já solicitou à Comissão Europeia a suspensão desse limite, “estando em curso a avaliação do pedido pelos serviços” do executivo comunitário, como sublinhou em comunicado o Ministério das Finanças a semana passada.

A descida dos preços dos combustíveis traduz essencialmente os receios dos investidores perante sinais de arrefecimento da atividade económica nos Estados Unidos que levaram a quebras os preços do barril na ordem dos 6% em alguns dias desta semana.

O Presidente dos Estados Unidos pediu ao Congresso para suspender por três meses os impostos sobre a gasolina, tendo em conta os níveis de inflação que se registam no país e que levaram a Reserva Federal norte-americana a decidir por um aumento das taxas de juro em 0,75 pontos percentuais.

Brent com queda acentuada esta semana

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Combustíveis vão ficar mais baratos. Gasóleo desce três cêntimos e gasolina um

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião