Frezite da Trofa comprada por suecos da Sandvik

Com cerca de 450 trabalhadores, a histórica empresa especializada em ferramentas de corte vai passar a ser uma unidade de negócios da divisão de soluções para máquinas industriais da Sandvik.

A empresa de engenharia Frezite tem novos donos. O grupo industrial da Trofa foi comprado, em 100%, pela família sueca Sandvik. Não foi revelado o montante da transação, segundo o anúncio feito esta segunda-feira.

“Atualmente enfrentamos tempos que trarão novos níveis de competitividade a fatores como a escala e a flexibilidade do negócio. Novos materiais, a digitalização, novas tecnologias de fabrico e a globalização fizeram-nos pensar em avançar com um parceiro como a Sandvik, uma decisão que será benéfica para todos nós”, justifica o fundador, José Manuel Fernandes.

Com cerca de 450 trabalhadores, a Frezite vai passar a ser uma unidade de negócios da divisão de soluções para máquinas industriais da Sandvik. Com a designação Walter e sede na Alemanha, conta com cerca de 3.800 funcionários e serve clientes em mais de 80 países.

O grupo nortenho vai dar o seu contributo para o fabrico de automóveis elétricos, no fornecimento de peças para a indústria aeroespacial e ainda na transformação da madeira, de acordo com um comunicado emitido pelo grupo baseado na Suécia.

Atualmente enfrentamos tempos que trarão novos níveis de competitividade a fatores como a escala e a flexibilidade do negócio. Novos materiais, a digitalização, novas tecnologias de fabrico e a globalização fizeram-nos pensar em avançar com um parceiro como a Sandvik, uma decisão que será benéfica para todos nós

José Manuel Fernandes

Fundador e presidente da Frezite

A família Sandvik destaca que a compra “é mais um passo importante na mudança da [sua] estratégia de crescimento”. “Temos a ambição clara de aumentar o nosso negócio de soluções para máquinas industriais e fortalecer o nosso conhecimento em materiais leves e em ferramentas em diamante policristalino (PCD)”, detalha.

A compra da Frezite pela família Sandvik deverá ficar concluída no terceiro trimestre de 2022.

Em 2021, a Frezite terá obtido receitas de 450 milhões de coroas suecas (42 milhões de euros no câmbio atual) e “é expectável que a taxa de crescimento orgânico se situe entre 4% e 6% no médio prazo”.

O grupo da Trofa conta com uma vasta experiência na conceção, desenvolvimento e produção de ferramentas de corte por arranque de apara e é detentora de nove empresas no estrangeiro. Exporta cerca de 70% da produção para 65 mercados a nível mundial, sendo os principais a Alemanha, Espanha e México.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Frezite da Trofa comprada por suecos da Sandvik

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião