Mulheres estrangeiras têm mais dificuldade em encontrar emprego do que homens

Dificuldades ao nível do domínio da língua do país de acolhimento é o obstáculo mais referido. Exigências de vistos de residência ou cidadania é o único obstáculo mais referido por homens.

Na hora de encontrar um emprego, as mulheres estrangeiras (20,3%) encontram maiores obstáculos quando comparados com 13,2% dos homens que nasceram em outro país da UE e que estão em busca de um novo desafio profissional fora do seu país de origem, revelam dados do Labour Force, relativos a 2021, revelados esta segunda-feira pelo Eurostat.

Dificuldades que se acentuam no caso de cidadãos oriundos de países com baixos índices de desenvolvimento humano (HDI). Mais de um terço (35,7%) das mulheres nacionais de um país fora da UE com um baixo ou médio HDI relatam obstáculos em encontrar um trabalho, valor que compara com 31,1% dos homens.

Já no caso de mulheres nacionais de um país fora da UE com um elevado ou muito elevado HDI, 27,3% reporta dificuldades, enquanto apenas 20,9% reporta o mesmo.

Dificuldades ao nível do domínio da língua do país de acolhimento é o obstáculo mais referido, em particular por pessoas nascidos em países com um baixo HDI, com 10,5% das mulheres a referir esse tema vs 9,7% dos homens.

Dificuldade em encontrar emprego devido a exigências de vistos de residência ou cidadania é o único obstáculo mais referido por homens do que por mulheres. No caso de nacionais de um país fora da UE com um baixo ou médio índice de desenvolvimento, o tema é referido por 3,3% dos homens vs 2,8% das mulheres, enquanto o mesmo é apenas referido por 2,1% dos homens e 2,8% das mulheres no caso de nacionais de um país fora da UE com um elevado ou muito elevado índice de desenvolvimento.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mulheres estrangeiras têm mais dificuldade em encontrar emprego do que homens

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião