Wall Street inicia segundo semestre em queda

  • Joana Abrantes Gomes
  • 1 Julho 2022

Na primeira sessão de julho, que marca o início de um novo semestre para os mercados financeiros, os principais índices de Wall Street abriram novamente em terreno negativo.

Após encerrarem em forte baixa um dos piores semestres de que há memória nos mercados financeiros, as bolsas norte-americanas continuam em queda na abertura da sessão desta sexta-feira. Os investidores estão preocupados com a política monetária agressiva da Reserva Federal dos EUA na tentativa de combater a inflação.

Enquanto o índice de referência em Wall Street, S&P 500, recua 0,05%, para 3.783,60 pontos, o tecnológico Nasdaq perde 0,14%, para 11.013,84 pontos, e o industrial Dow Jones desliza 0,11%, para 30.741,34 pontos.

Naquela que é a primeira sessão de julho, mantém-se a forte volatilidade que marcou os mercados financeiros no primeiro semestre de 2022, arrastando Wall Street para o território de bear market.

Os investidores continuam receosos com a desaceleração da economia dos Estados Unidos e os aumentos agressivos das taxas de juro pela Fed, aumentando a preocupação de que uma recessão possa estar a caminho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street inicia segundo semestre em queda

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião