Petróleo recua para 113 dólares com arranque da greve de trabalhadores noruegueses

O mercado pesa na balança as disrupções à oferta e os receios de uma recessão global. Preço do "ouro negro" cai para 113 dólares em Londres.

Os preços do petróleo negociado nos mercados internacionais estão a recuar, numa altura em que os investidores pesam as preocupações com a oferta, destacadas por um potencial corte de produção na Noruega, com os receios com uma possível recessão global que reduza a procura por combustível.

Pelas 08h00 de Lisboa, o Brent, que serve de referência às importações nacionais, cai 0,41%, para 113,03 dólares, enquanto o WTI, negociado em Nova Iorque, desvaloriza 1,13%, para 109,66 dólares.

A pressionar o sentimento está a greve iniciada por trabalhadores noruegueses do setor petrolífero esta terça-feira, que reduzirá a produção de petróleo e gás, segundo indicou à Reuters o sindicato que lidera a ação industrial. A greve, na qual os trabalhadores exigem aumentos salariais para compensar o aumento da inflação, ocorre numa altura em que se registam altos preços do petróleo e do gás.

A produção de petróleo será cortada em até 130.000 barris por dia a partir de quarta-feira, previu a associação de petróleo e gás do país no domingo. Tal equivale a cerca de 6,5% da produção da Noruega, de acordo com um cálculo da Reuters.

As preocupações dos investidores com a procura estão assim a crescer, com o aperto nas condições financeiras globais, conjugado com as medidas da Reserva Federal dos EUA de combate à inflação, de rápidos aumentos das taxas de juros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Petróleo recua para 113 dólares com arranque da greve de trabalhadores noruegueses

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião