Wall Street em alta impulsionada pelos resultados da banca

  • Joana Abrantes Gomes
  • 18 Julho 2022

As ações dos principais índices dos EUA estão a negociar no "verde", com o setor bancário a liderar os ganhos. O Goldman Sachs sobe 4% após divulgar lucros do 2.º trimestre acima das expectativas.

As principais bolsas dos Estados Unidos abriram em alta esta segunda-feira, após os resultados financeiros do Goldman Sachs do segundo trimestre deste ano terem superado as expectativas dos analistas. A tendência positiva da semana passada estende-se assim numa altura em que abrandam as apostas numa subida agressiva das taxas de juro pela Fed.

Neste contexto, o índice de referência S&P 500 valoriza 0,76%, para 3.892,33 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq sobe 0,87%, para 11.552,61 pontos, e o industrial Dow Jones cresce 0,60%, para 31.475,98 pontos.

O desempenho positivo de Wall Street acontece depois de o Goldman Sachs ter divulgado os lucros relativos ao segundo trimestre, que, apesar de terem recuado acentuadamente face ao período homólogo, ficaram acima das estimativas dos analistas, estando a somar mais de 4% minutos após o início da sessão.

O banco nova-iorquino apresentou um lucro de 2,8 mil milhões de dólares (cerca de 2,77 mil milhões de euros) face aos 5,3 mil milhões de dólares (5,25 mil milhões de euros) do segundo trimestre de 2021, enquanto as receitas líquidas foram de 11,86 mil milhões de dólares (11,75 mil milhões de euros), uma queda de 23% face ao ano anterior.

Esta segunda-feira, também o Bank of America apresentou os seus resultados do segundo trimestre, cujos lucros caíram 33%, para os 6,2 mil milhões de dólares (cerca de 6,2 mil milhões de euros), face a 9,2 mil milhões de dólares (9,1 mil milhões de euros) no trimestre homólogo. As receitas do banco norte-americano, por seu lado, subiram 5,6%, dos 21,5 mil milhões de dólares (21,3 mil milhões de euros) para os 22,7 mil milhões de dólares (22,5 mil milhões de euros), graças ao aumento das taxas de juro.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street em alta impulsionada pelos resultados da banca

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião