Demium Capital lança fundo para investir em startups da Europa do Leste

O objetivo deste novo fundo é apoiar e promover o talento nesta região europeia, bem como contribuir para o seu crescimento económico e expansão.

A gestora de venture capital Demium Capital (anteriormente conhecida como Think Bigger Capital) anunciou o lançamento de um novo fundo que irá investir em startups high-tech da Europa do Leste, na fase preseed e seed. O novo fundo, denominado “Demium Central Europe Talent Fund I FCRE“, pretende apoiar e promover o talento nesta região europeia e contribuir para o seu crescimento económico e expansão.

“Com o nosso primeiro fundo já investimos em empresas europeias, mas este novo fundo será exclusivamente dedicado à promoção da inovação na Europa Central. Queremos mostrar o nosso empenho no desenvolvimento económico de países como a Ucrânia, Polónia, República Checa, Hungria e Roménia, e esperamos oferecer aos nossos investidores um retorno acima do mercado, explorando o nosso posicionamento e vantagem competitiva na região”, explica Diogo Patão, diretor de programas da Demium, em comunicado.

O fundo “Demium Central Europe Talent Fund I FCRE” lança com um primeiro fecho em julho deste ano, com um compromisso de dois milhões de euros da Demium e um objetivo de sete a nove milhões de euros para acelerar o seu impacto na região. Com este primeiro fecho, a Demium Capital pretende elevar os seus ativos sob gestão para, pelo menos, 62 milhões de euros. Posteriormente, está previsto um segundo encerramento para setembro, com um objetivo de 30-40 milhões de euros

“O nosso objetivo é lançar um fundo pan-europeu em 2023 que continuará a nossa estratégia de investimento em regiões da Europa toda, ajudando as startups a realizar o potencial. E este fundo fará parte desse projeto”, explica Monte Davis, CEO de Demium.

Criada em junho de 2020, a Demium Capital já investiu 13,8 milhões de euros em 112 startups (16 portuguesas e 96 de outros países europeus) nascidos na própria incubadora, através dos seus centros em Espanha, Portugal, Ucrânia e Polónia.

Desde a invasão russa da Ucrânia, a empresa mobilizou-se para que os empresários que estavam a incubar os seus projetos nos seus escritórios em Kiev pudessem deixar o país e continuar o seu desenvolvimento. Atualmente, 32 equipas ucranianas continuam o seu programa de incubação, das quais 18 mudaram-se para a sua sede em Varsóvia, oito foram para Barcelona e as seis restantes estão ainda na Ucrânia e estão a ser monitorizadas online.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Demium Capital lança fundo para investir em startups da Europa do Leste

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião