Direto Primeira carga de cereais autorizada a seguir para Líbano

  • ECO e Lusa
  • 3 Agosto 2022

O primeiro carregamento de cereais desde a invasão já chegou à Turquia. ONU estima que já saíram da Ucrânia cerca de dez milhões de pessoas desde o início da guerra.

O primeiro navio carregado de cereais que saiu da Ucrânia depois da invasão da Rússia, em fevereiro, já foi inspecionado em Istambul e vai seguir caminho para o Líbano, anunciou hoje o Ministério da Defesa da Turquia. Segundo o Governo turco, a equipa de inspeção – constituída por funcionários da Ucrânia, Rússia, Turquia e das Nações Unidas – terminou a revisão a bordo do Razoni.

O navio, que, de acordo com informações das Nações Unidas, transporta 26.527 toneladas de milho, partiu na segunda-feira do porto de Odessa, na costa ucraniana do Mar Negro. Imagens divulgadas no Twitter pelo Ministério da Defesa turco mostram um inspetor a mexer num recipiente aberto cheio de milho.

A guerra continua a levar muitos ucranianos a fugir do país, sendo que a Agência da ONU para Refugiados informou que o número de pessoas a passar a fronteira da Ucrânia ultrapassou 10 milhões pela primeira vez desde que a Rússia invadiu o país.

Já as sanções vão também sendo atualizadas, com os EUA a avançarem com o congelamento do visto da presumível parceira amorosa de Vladimir Putin, uma antiga ginasta olímpica. A nova ronda de sanções dos Estados Unidos contra as elites russas impõe ainda outras restrições de propriedade à antiga integrante da Duma estatal, presumivelmente companheira de longa data de Putin.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Primeira carga de cereais autorizada a seguir para Líbano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião