FBI realiza buscas em casa de Trump por causa de retirada de documentos da Casa Branca

  • ECO
  • 9 Agosto 2022

Ex-Presidente levou documentos consigo quando saiu da Casa Branca. Autoridades procuram agora recuperar esses registos, alguns dos quais secretos, tendo acedido ao cofre da casa de Trump na Florida.

O FBI realizou esta segunda-feira buscas na propriedade de Donald Trump em Mar-a-Lago, na Florida. Os agentes acederam mesmo ao cofre da casa, com o filho do ex-Presidente dos EUA a admitir que as diligências das autoridades fazem parte de uma investigação a Trump, devido à retirada indevida de registos presidenciais oficiais da Casa Branca.

O Departamento de Justiça não adiantou as razões para estas buscas que Donald Trump considerou serem desnecessárias e inapropriadas. “Depois de trabalhar e cooperar com as agências governamentais relevantes, estas buscas não anunciadas na minha casa não são necessárias nem apropriadas”, declarou o antigo presidente americano, numa longa declaração.

De acordo com Trump, o raide envolveu um “grande grupo de agentes do FBI”. “Eles invadiram mesmo o meu cofre”, revelou.

Eric Trump, um dos filhos de Donald Trump, adiantou, no entanto, à Fox News que os agentes procuraram caixas de documentos que Trump levou consigo quando saiu da Casa Branca, após ter sido derrotado nas eleições, e que o seu pai está a colaborar com o Arquivo Nacional há alguns meses.

Uma fonte da família também confirmou à agência Reuters que as buscas parecem estar relacionadas com a retirada de registos secretos da residência oficial do Presidente dos EUA.

A lei federal U.S. Presidential Records Act determina que sejam preservados documentos como cartas, memorandos, notas, e-mails, faxes e outras comunicações escritas que estejam relacionadas com os deveres e obrigações oficiais do Presidente.

Qualquer busca realizada numa residência privada tem de ser aprovada por um juiz, depois de ficar demonstrado que as diligências são justificadas.

Em fevereiro, o arquivista David Ferriero disse aos deputados da Câmara dos EUA que a Administração Nacional de Arquivos e Registos esteve em comunicação com Trump ao longo de 2021 sobre a devolução de 15 caixas de registos. De acordo com este funcionário, estas caixas foram devolvidas em janeiro de 2022, mas o Arquivo Nacional veio a notar que algumas das caixas continham registos “marcados como informações confidenciais de segurança nacional”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

FBI realiza buscas em casa de Trump por causa de retirada de documentos da Casa Branca

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião