Novos donos da Euronews passam a controlar tecnológica de Braga

Detida pelos filhos do ex-eurodeputado Mário David e do selecionador Fernando Santos, a Alpac Capital assume posição maioritária na tecnológica Codevision com investimento acumulado de 3,2 milhões.

A Alpac Capital, controlada por Pedro Vargas David (filho do ex-eurodeputado Mário David, atual conselheiro político do primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán) e Luís Santos (filho do selecionador português de futebol, Fernando Santos), assumiu o controlo maioritário da Codevision, uma empresa de software para o setor da educação e formação.

O fundador, Marco Coelho, mantém-se na estrutura acionista, mas agora com uma quota minoritária, depois de a sociedade de capital de risco portuguesa, que em 2019 acrescentou esta empresa de Braga ao portefólio, ter feito agora uma aplicação adicional de 1,8 milhões de euros, para passar a somar um investimento total de 3,2 milhões de euros.

Luís Santos, managing partner deste fundo que comprou 88% da Euronews à Media Global Networks, holding do magnata egípcio Naguib Sawiris, referiu ao ECO que o volume de negócios da Codevision deve duplicar este ano para os dois milhões de euros, estimando que possa ascender aos quatro milhões de euros em 2025. Dos atuais 56 funcionários, 40 estão em Portugal e 16 no Brasil, os dois mercados mais relevantes para o negócio.

Foi no último dia de 2020 que a tecnológica de origem minhota, criada há 16 anos e que reclama ter mais de meio milhão de utilizadores nas diferentes soluções educativas, comprou a iScholar. Uma empresa brasileira, fundada em 2006, que atuava no segmento da tecnologia para a gestão escolar e que na altura estava presente em 800 escolas, espalhadas por duas centenas de cidades do Brasil.

Disponíveis também noutras geografias europeias (Itália e Roménia), africanas (Moçambique e Guiné-Bissau, em parceria com o Banco Mundial) e no Médio Oriente, a e-Schooling e a eSkola são as aplicações mais populares desenvolvidas pela empresa portuguesa, que assegura igualmente a instalação e a manutenção destas ferramentas tecnológicas que “permitem aumentar a eficiência da gestão das escolas [e] são fundamentais para a transformação em curso no setor da Educação”.

Fundadores da Codevision, Eurico Lages e Marco Coelho (atual CEO)

A Alpac Capital, que no início de julho designou a jornalista Graça Franco (ex-Provedora do Ouvinte da RTP) para liderar o Conselho Editorial da Euronews e também formalizou a compra dos jornais Nascer do Sol e i, diz que este investimento na Codevision vai ser usado para reforçar a equipa global de desenvolvimento de produto e apoiar a expansão do projeto na Europa e na América Latina, a partir de 2023.

Luís Santos indicou que a Alpac Capital tem outras participações e interesses nesta área do software para a área da educação, tendo já investido “com a mesma magnitude” na startup DreamShaper, que tem a equipa de tecnologia instalada na UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto. Com um reforço de dois milhões de euros, liderou a mais recente ronda de financiamento no valor de 3,5 milhões, apresentada como “a maior alguma vez levantada por uma EdTech portuguesa”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Novos donos da Euronews passam a controlar tecnológica de Braga

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião