Bolsa de Lisboa cai mais de 1%. Só Nos e BCP escapam às perdas

Subidas da Nos e do BCP impediram maior quebra do PSI na sessão desta terça-feira. Apenas duas cotadas fecharam em terreno positivo.

O PSI voltou a descer na sessão desta terça-feira e atingiu seis negociações consecutivas em terreno negativo. A principal praça financeira portuguesa ainda abriu o dia a subir mas não resistiu aos movimentos dos investidores. Fechou o dia a cair 1,15%, para 5.772,37 pontos.

Entre as 15 cotadas no PSI, apenas duas terminaram a sessão em terreno positivo; as restantes 13 perderam valor nesta terça-feira.

A Semapa teve a maior descida do dia, ao perder 3,51%, para 12,66 euros. Logo a seguir vieram os títulos dos CTT, que cederam 2,91%, para 3,00 euros.

Na energia, a Greenvolt teve a maior desvalorização, ao cair 2,22% (8,82 euros). Também nesta área, a REN desceu 1,56% (2,53 euros), a EDP Renováveis cedeu 1,31% (23,44 euros), enquanto a EDP perdeu 0,83% (4,907 euros). O dia também foi negativo para a Galp Energia, que desvalorizou 0,30% (9,886 euros).

Apenas os títulos da Nos e do BCP fecharam o dia em terreno positivo: a operadora de telecomunicações somou 1,93%, para 3,596 euros; o BCP somou 0,83% (14,53 cêntimos).

A praça portuguesa acabou por ter uma das menores desvalorizações entre as principais congéneres europeias: o britânico FTSE-100 perdeu 0,61% (7.192,66 pontos); o espanhol IBEX-35 caiu 1,50% (7.873,1 pontos); o francês CAC-40 cedeu 1,35% (5.979,47 pontos); o italiano MIB travou 1,66% (21.773,75 pontos).

O índice Stoxx 600, que inclui as 600 maiores empresas cotadas da Europa, caiu 1,10%, para 403,38 pontos.

Os investidores têm as suas atenções direcionadas para os bancos centrais, que se preparam para uma nova vaga de aumento das taxas de juro face à escalada da inflação, incluindo a Reserva Federal norte-americana esta quarta-feira e o Banco de Inglaterra e da Suíça na quinta.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bolsa de Lisboa cai mais de 1%. Só Nos e BCP escapam às perdas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião