EDP Renováveis e Google assinam “maior acordo” de energia solar distribuída dos EUA

Contrato celebrado entre gigante tecnológico e a EDP Renováveis vai permitir desenvolver e instalar mais de 80 projetos de energia solar distribuída num total de cerca de 650 MWp.

A EDP Renováveis EDPR 0,56% vai desenvolver comunidades de energia “verde” com a Google, fazendo deste o maior contrato de energia solar distribuída nos EUA, segundo a empresa.

De acordo com a nota divulgada esta segunda-feira, o contrato celebrado entre o gigante tecnológico e a energética portuguesa vai permitir desenvolver e instalar mais de 80 projetos de energia solar distribuída num total de cerca de 650 megawatts-potência (MWp).

A empresa liderada por Miguel Stilwell d’Andrade indica que “este é o maior acordo celebrado entre duas empresas para o desenvolvimento de projetos de energia solar distribuída nos Estados Unidos“, de acordo os dados da S&P Global e da BloombergNEF (BNEF).

Os projetos vão começar a ser desenvolvidos no estado do Ohio, onde está localizado o centro de dados, em New Albany, e a Google Cloud, em Columbus. Segundo a nota, a EDP Renewables North America Distributed Generation (EDPR NA DG) será responsável pelo desenvolvimento, construção e operação dos parques solares fotovoltaicos, devendo os primeiros projetos estar operacionais até ao final de 2024.

A nota dá conta ainda de que o desenvolvimento destes parques será também parcialmente financiado pela aquisição de Certificados de Energia Renovável (RECs) pela Google, um instrumento que certifica que um determinado comprador tem os direitos dos benefícios ambientais e sociais da eletricidade renovável produzida por um determinado projeto renovável.

Este projeto faz parte dos ImpactRecs, projeto nascido há cerca de dois anos entre a Google e a EDP Renováveis, e que tem como objetivo promover energia limpa junto das comunidades, tornando os seus benefícios acessíveis a famílias com baixos rendimentos. Estas Comunidades de Energia Renovável têm como objetivo reduzir o custo da eletricidade para cerca de 25 mil famílias com rendimentos baixos a moderados.

“Estamos muito satisfeitos com este acordo com a Google, que nos vai permitir desenvolver um número substancial de projetos de energias renováveis, enquanto cuidamos de comunidades mais desfavorecidas”, cita o comunicado as declarações do CEO da energética portuguesa.

Para além da compra da ImpactRECs, o programa inclui a criação de um fundo de impacto comunitário avaliado em 12 milhões de dólares, que se vai centrar em iniciativas de redução da pobreza energética nas comunidades onde os projetos serão construídos

(Notícia atualizada às 13h31)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP Renováveis e Google assinam “maior acordo” de energia solar distribuída dos EUA

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião