“Portugal não pode depender exclusivamente do Turismo”, diz Manuel Magalhãespremium

Manuel Magalhães, managing partner da Sérvulo, esteve à conversa com a Advocatus sobre a gestão do escritório, o setor da advocacia e fez previsões para 2023.

Na Sérvulo desde 2011, Manuel Magalhães é atualmente managing partnere sócio no departamento de Financeiro e Governance, co-coordenando também as áreas de Reestruturação e Insolvência e Imobiliário, Turismo e Urbanismo. É membro da International Bar Association. Esteve envolvido em várias operações relevantes e complexas - incluindo a criação, aquisição ou fusão de instituições de crédito e seguradoras, financiamentos estruturados, project finance, capital de risco, reestruturações de grandes grupos, assessoria de projetos turísticos de interesse nacional e inúmeras aquisições e vendas de ativos imobiliários, seja na forma de asset dealou de share deal,através de sociedades ou fundos de investimento. Este é um mandato de continuidade face ao anterior ou de rutura no estilo de gestão

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos