“Quero acreditar que ainda não assistimos a uma ‘normalização’ de Le Pen para a maioria dos eleitores franceses”premium

O professor do Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica considera que uma vitória de Marine Le Pen à segunda volta permitiria perspetivar "o falhanço e o fim da União Europeia".

As sondagens apontam que da eleição de domingo sai um duelo entre Emmanuel Macron e Marine Le Pen na segunda volta, que se disputa a 24 de abril. Desta vez, a líder da União Nacional está muito mais perto do atual Presidente francês nas intenções de voto. Uma vitória da candidata da extrema-direita poria em causa o projeto da União Europeia, considera Nuno Sampaio, professor do Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica.O doutorado em Ciência Política e Relações Internacionais e conselheiro político de Marcelo Rebelo de Sousa tem esperança, no entanto, que "no final o apelo à moderação fará com que a maioria dos eleitores se mobilize para impedir uma vitória de Le Pen". Isto apesar de Macron já não suscitar o mesmo entusiasmo que em 2017. Como é que a guerra na Ucrânia e a

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos