“Vejo a maternidade como se fosse um MBA”premium

Depois de ter sentido dificuldades na conciliação da maternidade e carreira, Paula Costa está com a Parents & Partners a trabalhar para que as empresas vejam a maternidade como uma mais-valia.

Há um antes e um depois na vida de Paula Costa. Tudo mudou com o nascimento do seu primeiro filho. Até a sua carreira. Depois de uma licença de maternidade, a profissional do setor da banca voltou ao trabalho, na área da qualidade de processos e suporte ao management.Ser mãe fez com que se tornasse uma pessoa diferente a nível pessoal, mas também profissional, com novas competências importantes no mundo do trabalho. O equivalente a um MBA. Mas, a empresa onde trabalhava na época não soube encarar a maternidade como uma mais-valia, e Paula Costa — à semelhança de muitas mulheres quando são mães — acabou mesmo por abandonar a organização. Deixou de lado uma carreira corporativa de mais de dez anos, mas não parou profissionalmente. Mergulhou no empreendedorismo social: quer ajudar as

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos