Sobre Escutaspremium

Há anos que assistimos a uma “via verde” de acesso a processos em segredo de justiça por parte de alguns “privilegiados” e a uma cultura de humilhação pública de pessoas investigadas.

Aguardei umas semanas para escrever este texto. Ingenuamente, tinha esperança de que a indiferença não prevalecesse relativamente à divulgação pública contínua de excertos de escutas telefónicas constantes de processos judiciais. Creio que já posso concluir que, infelizmente, a indiferença prevaleceu. Não a de poucos comentadores que ainda se chocam. Mas a indiferença de quem tem poder e manda. Dos políticos que, apesar de até do cão e do gato falarem em campanha eleitoral, no que toca à Justiça, normalmente se furtarem às suas responsabilidades como garantes da democracia; da Procuradoria-Geral da República, sempre tão lesta a anunciar novos inquéritos, mas da qual não se ouviu uma palavra sobre esta prática ilícita contínua e intolerável;dos sempre tão ativos representantes sindicais

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos