Angola

A empresária angolana recorreu ao Instagram para defender o "bom nome" após ter visto anulado um contrato com o Estado por decisão do Presidente da República, João Lourenço.

O Presidente de Angola, João Lourenço, aprovou um decreto para exonerar a administração da empresa pública de águas EPAL-EP. Permanecem dois dos gestores na nova administração.