Verão foi sinónimo de mais reservas na Airbnb, face a 2015

  • Ana Luísa Alves
  • 27 Setembro 2016

Aumentou, nos meses de verão, o número de pessoas que reservaram alojamento em Portugal através da plataforma Airbnb.

Verão foi sinónimo de Europeu, em França, mas foram os franceses quem mais utilizou o Airbnb em Portugal. No total registou-se um aumento no número de reservas feitas com a aplicação para o nosso país.

Foram cerca de 705 mil os visitantes que reservaram alojamento em Portugal através da plataforma Airbnb, durante o verão. Este valor representa um aumento de 76% face ao mesmo período de 2015, segundo dados da empresa enviados à Lusa.

Aqueles que visitaram Portugal eram oriundos de França (a maioria, 164.300), Espanha (70.000), Reino Unido (52.400), Alemanha (46.300) e Estados Unidos (35.500). O destino escolhido mais vezes foi a capital, que se tornou a “quarta cidade europeia mais requisitada”, depois de Barcelona, Paris e Londres.

Em contrapartida, cerca de 50 mil portugueses reservaram também alojamento através da Airbnb para deslocações ao estrangeiro. Os países mais visitados foram Espanha, Itália, França, Reino Unido e Croácia.

“Os dados deste verão mostram também que cada vez mais cidadãos europeus decidem viajar dentro do seu próprio continente”, adianta a Airbnb. Os três países com mais reservas feitas foram França, Itália e Espanha (2,2 milhões). Portugal ocupa o quinto lugar.

“No total – viajantes portugueses domésticos e que se deslocaram ao estrangeiro -, cerca de 100 mil portugueses utilizaram a Airbnb para viajar no verão de 2016, quase o dobro do ano anterior”, salienta a empresa sediada nos EUA.

A nível europeu, no período compreendido entre 1 de junho e 31 de agosto, mais de 16 milhões de pessoas usaram a Airbnb para reservar alojamento, representando este valor um aumento de mais de 70% face ao verão de 2015.

Editado por Mónica Silvares

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Verão foi sinónimo de mais reservas na Airbnb, face a 2015

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião