Mais dividendos criam tensão dentro do Banco de Portugal

  • ECO
  • 19 Outubro 2016

O aumento de 300 milhões de euros no valor dos dividendos a pagar pelo Banco de Portugal ao Estado está a ser mal recebido por alguns membros do regulador. Dizem que resulta de questões políticas.

O Banco de Portugal vai aumentar de forma expressiva o valor a entregar em dividendos ao Estado no próximo ano. Um forte aumento, para 450 milhões de euros, que está a gerar tensão no seio do regulador do setor financeiro, diz o Público.

Na proposta do Orçamento do Estado para 2017 está previsto que o dividendo a pagar pelo Banco de Portugal aumente em 303 milhões face a 2016, para 450 milhões de euros.

Este forte aumento está criar tensão dentro da instituição liderada por Carlos Costa. Em causa está uma alegada mudança na política seguida no último ano pelo supervisor em relação às provisões constituídas para acautelar riscos que possam advir da desvalorização de ativos, em particular, de divida pública portuguesa.

Uma fonte do Banco de Portugal ouvida pelo Público critica o facto de o aumento da distribuição de dividendos estar a resultar de questões políticas. Outro elemento do banco central critica a cedência do banco a essas pressões.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Mais dividendos criam tensão dentro do Banco de Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião