Juros da dívida descem antes do BCE

O prémio de risco da dívida nacional face à alemã encolhe para mínimos de meados de setembro, no dia da reunião do BCE. E na véspera de a DBRS se pronunciar sobre o rating português.

Os juros da dívida nacional seguem com poucas oscilações no arranque desta quinta-feira. Nas diferentes maturidades, os juros nacionais oscilam entre subidas e quedas ligeiras, recuando nos prazos mais longos no dia em que os investidores aguardam a reunião do BCE.

A taxa a 10 anos está a recuar pouco mais de um ponto base, para os 3,184%, naquela que é a sexta sessão consecutiva de quedas dos juros. Num dia em que os juros soberanos germânicos agravam ligeiramente na maioria dos prazos, a dívida portuguesa vê encurtado o seu spread face à contraparte alemã. O spread entre as obrigações portuguesas a dez anos e as bunds alemãs, recua para os 311,43 pontos base. Trata-se de um mínimo de meados de setembro.

Juros a 10 anos da dívida nacional na última semana

Fonte: Bloomberg
Fonte: Bloomberg

O encurtar do diferencial entre a dívida lusa e a germânica acontece no dia em que o FT (acesso pago) diz que Portugal poderá entrar no discurso de hoje de Mario Draghi. Aponta para a possibilidade de Draghi clarificar a elegibilidade ou não dos títulos nacional caso o rating seja cortado pela DBRS. Na reunião do BCE, os analistas não antecipam novidades, mas esperam um sinal de que o programa de compra de dívida será estendido.

A agência de notação financeira canadiana que é a única a permitir a elegibilidade da dívida portuguesa para o programa de compra de dívida do Banco Central Europeu prepara-se para rever esta sexta-feira a notação do rating de Portugal.

Sabia que…

Dia Europeu da Estatística / Fonte: INE
Dia Europeu da Estatística / Fonte: INE

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Juros da dívida descem antes do BCE

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião