Lucros da Galp até setembro recuam 26%

Petrolífera justifica quebra nos lucros com "efeito stock de 14 milhões de euros e eventos não recorrentes de 37 milhões de euros".

A Galp registou um resultado líquido de 361 milhões de euros no conjunto dos nove primeiros meses do ano, uma queda de 26% face aos 490 milhões que tinha reportado em igual período do ano passado. Considerando apenas o terceiro trimestre, os lucros afundaram 36%, para 115 milhões de euros.

Em comunicado enviado esta manhã à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a petrolífera justifica a queda com um “efeito stock de 14 milhões de euros e eventos não recorrentes de 37 milhões de euros”.

As vendas da Galp também registaram uma quebra, ao recuarem 10% para 3.499 milhões de euros no terceiro trimestre. De janeiro a setembro, as vendas caíram 21%, para 9.595 milhões de euros.

No terceiro trimestre, a produção média de petróleo e gás natural aumentou 62% face ao período homólogo, para 74 mil barris por dia. A contribuir para este aumento esteve o Brasil (que respondeu por 64 mil desses barris), sobretudo as plataformas petrolíferas de Iracema Norte e Lula Alto. Já no conjunto dos nove meses, a produção média aumentou em 41%, para 61,7 mil barris por dia.

As margens de refinação caíram para 2,3 dólares por barril, “na sequência da evolução negativa dos cracks da gasolina e do gasóleo”, refere a empresa no comunicado enviado à CMVM.

(Notícia atualizada pela última vez às 7h49)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lucros da Galp até setembro recuam 26%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião