TAP aumenta oferta a partir de domingo

  • Lusa
  • 28 Outubro 2016

A companhia de aviação portuguesa TAP anunciou que aumentou a sua oferta em 12% este inverno, com o reforço da operação em alguns destinos e no Natal e Ano Novo.

A companhia de aviação portuguesa TAP anunciou hoje que aumentou a sua oferta em 12% este inverno, com o reforço da operação em alguns destinos e no Natal e Ano Novo.

A TAP inicia o período de inverno a partir de domingo, com o aumento da oferta para alguns destinos da sua rede, “abrangendo tanto Portugal como a Europa e o setor Intercontinental e representando um crescimento global da oferta na ordem dos 12% comparativamente ao período homólogo de 2015”.

Este aumento, refere a companhia em comunicado, é resultante da utilização de aviões com maior capacidade e de um acréscimo de 5% no número de voos oferecidos.

A companhia reforçou também a sua operação no Natal e Ano Novo, designadamente para destinos com maior aumento da procura nesta época festiva.

Entre as novidades introduzidas, a TAP destaca o aumento da operação para o Funchal e para Ponta Delgada, com mais um voo diário de Lisboa para cada um dos destinos, passando para sete frequências para o Funchal todos os dias, e duplicando a oferta para Ponta Delgada, mesmo face ao verão que agora termina, passando de um para dois voos.

Na Europa, destaca-se o crescimento da operação da TAP de Lisboa para Zurique e Genebra, aumentando em ambos os casos de 17 para 20 frequências semanais, assim como para Paris, que vê o número de frequências diárias subir de seis para sete.

Frankfurt contará com um aumento de sete frequências, passando agora de 19 para 26 voos semanais, mais cinco do que no verão, enquanto Munique cresce de 12 para 20 frequências semanais.

Há também um reforço da oferta para Milão, com um crescimento de 17 para 20 frequências semanais, e para Barcelona, com mais seis frequências, aumentando para 38 voos semanais.

A partir do Porto a operação será igualmente aumentada, nomeadamente para a Suíça, com o crescimento para dois voos por dia para Zurique, assim como para Genebra, cidade que passa a contar com mais quatro frequências semanais, subindo de dez para 14 voos diretos.

Igualmente na rota entre o Porto e Madrid, a TAP reforça a sua oferta para dois voos diários.

A TAP diz que “a maior novidade deste inverno é a retoma da linha de Bissau a partir do dia 1 de dezembro, com dois voos por semana”.

Para Marrocos haverá um também um reforço acentuado, com a duplicação do número de voos para Casablanca, que passa a operação bidiária, assim como com o aumento para as dez frequências por semana para Marraquexe, a partir de 1 de novembro.

A operação em África será reforçada também para Dakar, Cabo Verde, Sal, Praia e São Vicente.

No Brasil, a TAP aumenta a sua operação de Lisboa para São Paulo, passando para 14 frequências semanais à partida de Lisboa, com voo bidiário, o que se traduz num crescimento de 27%, comparativamente ao ano anterior.

Nos EUA, mercado onde a TAP tem registado assinalável crescimento, designadamente com a abertura de dois novos destinos neste verão: Boston e Nova Iorque – JFK, também Miami terá reforço da oferta, crescendo de três frequências por semana para sete (voo diário).

Na época festiva do Natal e Ano Novo, a TAP terá 54 voos adicionais, nomeadamente para Funchal e Terceira, assim como para Paris, Luxemburgo, Genebra e Zurique.

Além desses, está também programado o reforço para Maputo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Salvador e Caracas.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

TAP aumenta oferta a partir de domingo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião