Twitter: 6 novidades para voltar ao radar

  • Juliana Nogueira Santos
  • 29 Outubro 2016

Os resultados positivos do último trimestre não são suficientes para que a Twitter volte aos seus tempos áureos. Aproximam-se tempos de mudança.

Os dias no Twitter não têm sido nada fáceis: estagnação de utilizadores ativos, propostas de compra falhadas, despedimentos, ataques informáticos, até à mais recente notícia do fecho de uma das suas “filhas”, a Vine, uma rede social que permite a partilha de vídeos de seis segundos que reproduzem em loop. Ainda assim, a empresa conseguiu apresentar resultados positivos no terceiro trimestre fiscal, contrariando as estimativas dos analistas.

Estamos focados em adicionar mais inteligência artificial a tudo o que fazemos.

Jack Dorsey

CEO da Twitter

Na apresentação dos resultados, que decorreu esta quinta-feira, os executivos da rede social dos 140 carateres apresentaram novas ferramentas que têm em vista o crescimento, tanto dos utilizadores, como das receitas de publicidade, e o melhoramento da experiência. O truque está na inteligência artificial.

  1. Notificações push mais inteligentes: a ferramenta vai ser utilizada para tornar as notificações mais relevantes, tendo em conta o que o utilizador costuma explorar, gostar ou retweetar. Estas também vão passar a incorporar multimédia, em vez do texto a que já estamos habituados, e conteúdo relacionado.
  2. Melhorias no algoritmo da timeline: este tem sido aprimorado aos poucos, com o aparecimento dos tweets que podemos ter perdido enquanto estivemos offline, ou mesmo daqueles com os quais as pessoas que seguimos interagiram. A perspetiva é que estes passem a ser cada vez mais personalizáveis e relevantes.
  3. Mais eventos ao vivo: a rede social vai transmitir mais eventos oficiais em direto nas timelines, como já aconteceu com os debates das presidenciais americanas. Jogos da liga de futebol americana e tantos outros estão na lista de hipóteses.
  4. Melhorias na receção de novos utilizadores: um dos dados mais curiosos que foram apresentados esta quinta-feira é a quantidade de pessoas que visitam a plataforma para criar uma nova conta ou para reativar a antiga, mas que não o chegam a fazer. Para os “agarrar” logo, a rede sugeria contas para o utilizador seguir, processo que se tornava confuso. No futuro os utilizadores vão ter questionados acerca dos seus interesses e vão receber tópicos recomendados para seguirem, para só depois fazerem a escolha das contas a seguir.
  5. Novas ferramentas de segurança: Após ter melhorado o processo de reporte de abusos e ter adicionado um filtro para não mostrar “trolls”, ou seja utilizadores com conteúdos desagradáveis ou que gostam de começar discussões infundadas, foram anunciadas mais atualizações às políticas de segurança. Este tem sido um dos assuntos mais discutidos pelos utilizadores, que veem as suas timelines inundadas por “trolls”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Twitter: 6 novidades para voltar ao radar

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião