Inflação anual na Zona Euro sobe aos 0,5%

  • Marta Santos Silva
  • 31 Outubro 2016

Ainda longe dos objetivos do BCE, mas a subir: é a estimativa do Eurostat para a inflação em outubro.

São máximos de 27 meses: a inflação anual na Zona Euro deverá chegar aos 0,5% em outubro de 2016, segundo estimativas divulgadas esta segunda-feira pelo órgão europeu de estatística, o Eurostat.

Ainda está longe dos objetivos do Banco Central Europeu (BCE) de chegar a uma inflação de perto de 2%, mas a subida representa uma continuação da tendência que já se tem vindo a registar nos últimos meses. A inflação consolida-se assim em terreno positivo, após um período abaixo de zero que só se inverteu em junho deste ano.

Inflação na Zona Euro

energia-01-01
Fonte: Eurostat. Dados em percentagem.

A grande força que puxa a inflação global para cima continua a ser, como já se via no mês passado, a inflação dos preços da energia, que estava em -8,9% em setembro de 2015 e mostra agora valores cada vez mais próximos do zero. Apesar de permanecer a área na qual a inflação é mais negativa, a subida é mais rápida do que noutros setores. Em outubro, estima o Eurostat, deverá chegar a -0,9%, quando apenas um mês antes estava nos -3%.

Os valores definitivos de setembro de 2016 estabeleceram-se nos 0,4% de inflação tanto para a Zona Euro como para a União Europeia incluindo os países com outras moedas que não o euro.

Valores definitivos da inflação em setembro de 2016

Fonte: Eurostat (Valores anuais, em percentagem)
Fonte: Eurostat (Valores anuais, em percentagem)

Em setembro, o economista Jack Allen dizia à Bloomberg que o aumento dos preços da energia deverá continuar. “A não ser que os preços do petróleo voltem a cair de repente, a inflação global deverá subir na direção do objetivo de quase 2% do Banco Central Europeu ao longo dos próximos meses”, afirmou. “Mas isto vai ser temporário”.

A estratégia de aumento da inflação do BCE tem sido uma dor de cabeça para Mario Draghi — o banco tem comprado mais de 80 mil milhões de euros em dívida todos os meses para procurar injetar mais liquidez no sistema bancário.

O PIB da Zona Euro, por sua vez, continua a crescer 0,3% no terceiro trimestre do ano, cumprindo as expectativas dos economistas, segundo dados revelados hoje pelo Eurostat.

Editado por Paulo Moutinho.

Comentários ({{ total }})

Inflação anual na Zona Euro sobe aos 0,5%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião