A inteligência artificial vai destruir milhões de empregos. E ninguém está preparado para isso

Os investidores presentes no Web Summit também estão apreensivos com o Brexit. E quase todos teriam votado em Hillary Clinton.

Os governos de todo o mundo não estão a conseguir preparar-se para o impacto da inteligência artificial, que vai destruir milhões de empregos. Pelo menos, é essa a convicção de alguns dos maiores investidores do mundo.

A conclusão é de um inquérito feito pela organização do Web Summit, a decorrer esta semana em Lisboa. À volta de metade (53%) dos 224 investidores inquiridos (vindos de venture capitals, fundos de private equity e business angels, e que detêm) concorda que é “inevitável que a inteligência artificial vai destruir milhões de empregos”. E a quase totalidade (93) acredita que os governos não estão preparados para isso.

Juntos, os 500 investidores presentes esta semana em Lisboa detêm mais de 100 mil milhões de dólares.

O Brexit, a Apple e as eleições

O Web Summit aproveitou o inquérito para conhecer os investidores de outras perspetivas. E descobriu que a maioria acredita que o Brexit vai ter um impacto negativo sobre a economia europeia e que as maiores prejudicadas vão ser as startups britânicas.

Por outro lado, a menos inovadora grande tecnológica do mundo é… a Apple, defende 39% dos inquiridos.

Por fim, as eleições norte-americanas. O inquérito concluiu que 94% teria votado em Hillary Clinton e 89% acreditava que a democrata ia ganhar.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

A inteligência artificial vai destruir milhões de empregos. E ninguém está preparado para isso

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião