Trump na presidência? Os Simpsons já tinham avisado

  • Rita Atalaia
  • 10 Novembro 2016

Os Simpsons avisaram há 16 anos que Donald Trump seria um dia Presidente dos EUA. Mas esta não é a primeira vez que advinham o futuro. O mesmo aconteceu com a carne de cavalo ou o Ébola.

Os Simpsons já sabiam que Donald Trump seria um dia Presidente dos EUA. Foi há 16 anos que a famosa série passou um episódio que mostrava Trump, já ex-Presidente, que tinha deixado o país numa crise financeira. Mas não foi a única altura em que estas personagens adivinharam o futuro.

Esta série já está no ar há 25 anos e tornou-se inevitável que certos temas que foram referidos nos episódios tenham acabado mesmo por acontecer na vida real. É o caso da presidência de Trump, como relembra o Business Insider. No episódio “Bart no futuro”, que foi emitido pela primeira vez em 2000, Lisa é eleita sucessora de Donald Trump. Depois de ocupar o cargo, a filha de Homer Simpson e irmã de Bart diz: “Herdámos uma grave crise orçamental do Presidente Trump”.

O escritor da série, Dan Greaney, disse à revista The Hollywood Reporter que o episódio era “um alerta à América” e que esta imagem era consistente com um país “a enlouquecer”. Mas este não foi o único episódio em que a família Simpson adivinhou o futuro. Em 2008, a série mostrou a personagem Homer a tentar votar a favor de Barack Obama nas eleições dos EUA. No entanto, uma máquina defeituosa mudava o voto. Quatro anos mais tarde, isto aconteceu mesmo na Pensilvânia. Uma máquina defeituosa teve de ser retirada depois de mudar os votos em Barack Obama para o republicano Mitt Romney.

O surto de Ébola também foi um dos temas falados na série. Mais precisamente, 17 anos antes de isto realmente acontecer. No episódio, Marge sugere ao filho Bart que leia um título intitulado “O Jorge Curioso e o Vírus Ébola”. O vírus não estava particularmente espalhado nos anos 90, mas foi um dos temas mais falados nas notícias anos mais tarde.

E não fica por aqui. Em 1994, uma personagem da série usou carne de cavalo para fazer o almoço para estudantes de uma escola. Nove anos mais tarde, a autoridade responsável pela segurança alimentar da Irlanda descobriu ADN de cavalo em mais de um terço das amostras de hambúrgueres nos supermercados e refeições congeladas.

Para além disso, no episódio “O Casamento da Lisa”, as personagens ficaram a saber que os bibliotecários foram substituídos por robots. Mais de 20 anos depois, estudantes da Universidade de Aberystwyth criaram um protótipo para um robot, que ajudaria na biblioteca da escola. Cientistas em Singapura também começaram a testar os seus próprios robots bibliotecários. Ao todo, foram 11 as vezes que os Simpsons adivinharam o futuro.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Trump na presidência? Os Simpsons já tinham avisado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião