Clinton assume derrota mas pede “mente aberta” para deixar Trump liderar

  • Margarida Peixoto
  • 9 Novembro 2016

Hillary sublinha que a campanha foi por "valores" e não individualizada, contra uma única pessoa. Falou aos jovens, às mulheres e ainda garantiu que apesar de ter perdido, "lutar vale a pena".

É uma derrota que “dói”, assumiu esta quarta-feira Hillary Clinton, a candidata democrata que falhou a eleição como Presidente dos Estados Unidos, para o republicano Donald Trump. Mas agora é preciso “uma mente aberta” e dar a oportunidade a Trump de liderar, defendeu.

O discurso, feito a partir do hotel Wyndham New Yorker, em Manhattan, foi curto, mas emocionado. Hillary começou por assumir a derrota — “não é o resultado que queríamos” — mas mais do que ter perdido, reconheceu que desapontou: “Sei como se sentem desiludidos porque eu também o sinto.”

Contudo, esforçou-se por manter firme a ideia de que a campanha foi “por valores” e não contra uma pessoa em concreto. E, por isso, o resultado deve agora ser aceite e Trump merece uma oportunidade. “Devemos-lhe uma mente aberta e uma oportunidade para liderar”, frisou.

Aos jovens que acreditaram nela, pediu-lhes que não desistam. “Passei a minha vida adulta a lutar pelo que acredito. Tive sucessos e derrotas, algumas dolorosas. Muitos de vocês estão no princípio das vossas carreiras públicas e políticas. Vão ter sucessos e derrotas. Esta perda dói. Mas nunca parem de acreditar que lutar pelo que está certo vale a pena”, disse.

Mais tarde, Clinton seria citada neste mesmo ponto por Barack Obama, o ainda Presidente dos Estados Unidos que passará o testemunho a Trump. “Não se tornem cínicos”, pediu Obama, aos mais novos.

Mas foi quando se dirigiu às mulheres que Clinton se emocionou, deixando as lágrimas chegar-lhe os olhos: “Eu sei que ainda não partimos aquele altíssimo e duríssimo teto de vidro, mas um dia alguém vai fazê-lo, e com sorte será mais cedo do que nós pensamos”. E para as mais novas, garantiu: “A todas as meninas pequenas que veem isto, não duvidem: vocês têm valor, são poderosas, e merecem todas as oportunidades do mundo de perseguir e conseguir os vossos sonhos.”

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Clinton assume derrota mas pede “mente aberta” para deixar Trump liderar

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião