5 coisas que tem de saber antes de abrirem os mercados

EDP e EDP Renováveis emagreceram cerca de 1,5 mil milhões por causa de Trump. Regressa hoje a luz à bolsa portuguesa? Lá por fora, interesse na confiança do consumidor norte-americano após eleições.

Trump apagou a luz a Lisboa. O receio de que a sua política energética vá castigar as energias limpas levou a uma lapidação no valor de empresas como a EDP Renováveis — caiu mais de 5% esta quinta-feira. Está na altura de ligar a luz novamente?

Lisboa acende a luz?

A EDP Renováveis caiu mais de 5% e arrastou consigo a casa-mãe para perdas nessa ordem de grandeza. Tudo por causa da política energética que Donald Trump, o recém-eleito Presidente norte-americano, terá para o setor das energias renováveis. A aposta do republicano deverá passar mais pelos combustíveis fósseis e, com isso, sofrem as energéticas mais direcionadas para as energias limpas.

Alemanha desafia BCE

Sabemos que a escola alemã tem enorme influência na política monetária seguida pelo Banco Central Europeu (BCE). O instituto de estatística alemão atualiza a evolução dos preços no motor da economia da Zona Euro, um indicador importante tendo em conta os objetivos para os quais o BCE está mandatado. A meta da inflação da autoridade monetária está fixada num valor ligeiramente abaixo de 2%, onde assegura a estabilidade dos preços e da economia.

S&P faz mira a Itália

Sexta-feira é o dia das agências de “rating”. No caso de Itália, vai estar na mira da Standard & Poor’s, que vai decidir sobre a notação “BBB-” que atribui à dívida italiana. Mais importante do que as indicações que terá a dar em relação à economia, os analistas vão prestar maior atenção às condições da banca.

Confiança pós-eleição surpresa

Em relação à economia norte-americana, é divulgado esta sexta-feira o índice de sentimento do consumidor Reuters/Michigan, relativo ao mês de novembro. Um indicador que vai permitir fazer uma primeira avaliação à confiança das famílias norte-americanas. O consumo privado é o componente que mais contribui para a maior economia do mundo. Off-topic: hoje celebra-se o Dia dos Veteranos, mas Wall Street vai estar aberto à negociação. Já o mercado obrigacionista estará encerrado.

OPEP conta-lhe como está o mercado

A OPEP divulga esta sexta-feira o relatório mensal sobre o mercado petrolífero, numa altura em diminuem as hipóteses de a organização chegar a acordo para diminuir a produção. A informação foi avançada pela Agência Internacional de Energia, que acrescentou que os preços da matéria-prima podem continuar a cair devido ao “crescimento persistente da oferta global”, a não ser que a OPEP avance com cortes significativos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que tem de saber antes de abrirem os mercados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião