Dúvidas com corte da OPEP afundam petróleo

  • Ana Luísa Alves
  • 10 Novembro 2016

A matéria-prima continua em queda. Regista uma desvalorização de mais de 1% após o alerta da AIE.

Petróleo continua em queda. Perde mais de 1% nos mercados internacionais com os investidores a questionarem a habilidade de a OPEP equilibrar a procura e a oferta da matéria-prima. A AIE duvida que o cartel consiga.

O West Texas Intermediate, transacionado em Nova Iorque, está a ser negociado nos 45,80 dólares o barril, registando uma queda de 1,21%, e o Brent, transacionado em Londres e o petróleo de referência para a Europa, cai 1,08% para os 46,38 dólares por barril.

As cotações da matéria-prima estão a corrigir dos ganhos recentes, depois de a AIE (Agência Internacional da Energia) ter dito que os preços podem cair ainda que a oferta global encolhesse Isto só não aconteceria se a OPEP decretasse cortes significativos na produção.

“O comunicado da AIE mostrou que a produção da OPEP voltou a subir, o que é motivo de preocupação”, referiu Michel Lynch, presidente do Strategy & Economis Research, em Massachusetts. “Quando pensámos que eles iam finalmente diminuir a produção, eles estão afinal a acelerar“, acrescentou, à Bloomberg.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Dúvidas com corte da OPEP afundam petróleo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião