Energéticas suportam PSI-20

  • Leonor Rodrigues
  • 18 Novembro 2016

O PSI-20 abriu em alta em sintonia com as pares europeias. A EDP e a EDP Renováveis suportam o avanço do índice.

A bolsa nacional arrancou a última sessão da semana em alta, acompanhando a tendência dos restantes mercados europeus. O PSI-20 valoriza 0,5% para os 4.427,21 pontos, apoiado na subida das energéticas. A Nos também puxa pela bolsa numa sessão que está a ser de recuperação dos CTT.

A EDP e a EDP Renováveis avançam 0,48% e 0,8% respetivamente, para os 2,72 e 6,05 euros, contrariando a expectativa do BPI. “É provável que este incremento da dívida, que tem origem na subida das yields
americanas, mantenha a pressão vendedora sobre as ações mais sensíveis às taxas de juro como a
EDP, a REN, a EDP Renováveis”, diz o banco de investimento.

Os CTT também podem, segundo o BPI, ser penalizados pela subida da taxa das obrigações do Tesouro, que está já acima dos 3,8%. Contudo, a empresa de correios está a valorizar. Avança 0,84% depois de ter afundado mais de 5% após se saber que o Estado vai passar a notificar os cidadãos via correio eletrónico, que prejudica a empresa.

Nota positiva também para a Nos que soma 0,72%. Já a impedir uma subida mais expressiva da bolsa está a Mota-Engil que recua 0,83% e também a Galp Energia, que perde 0,38%, num dia em que os preços do petróleo estão em queda nos mercados internacionais.

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Energéticas suportam PSI-20

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião