Euro vive maior ciclo de quedas de sempre

  • Marta Santos Silva
  • 18 Novembro 2016

É a consequência do anúncio da Fed de que a subida de juros está "para breve". Está a cair pela décima sessão consecutiva, tocando mínimos de quase um ano.

É o maior ciclo de quedas desde que a moeda foi introduzida: há dez sessões que o euro está em queda. Um forte descida que leva a divisa única a tocar mínimos de quase um ano, já abaixo da fasquia dos 1,06 dólares. Falta cada vez menos para a paridade.

A moeda única caía 0,35% para 1,058 dólares. Chegou a cair um máximo de 0,41% para 1,0582 dólares, um mínimo de dezembro de 2015, depois de se saber que a Fed tenciona subir as taxas de juro nos EUA “em breve” — uma decisão com consequências claras para a moeda única.

Esta é, assim, a décima sessão em queda da moeda, o que representa o ciclo negativo mais longo alguma vez registado, segundo dados históricos da Bloomberg. O euro perde 4,95% em 10 sessões, tendo recuado neste período de 1,114 para menos de 1,06 dólares. A maior queda neste ciclo foi na quarta-feira da semana passada, quando caiu 1,05% com a vitória de Donald Trump.

Euro está há 10 sessões em queda

Fonte: Bloomberg (Valores em dólares)
Fonte: Bloomberg (Valores em dólares)

Ontem, Janet Yellen, presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos (Fed) anunciou que as taxas de juro no país poderão subir ainda este ano, e que uma mudança está certamente para “breve”. Motivada pelo otimismo relativamente à economia americana, que cresce moderadamente, o banco central dos Estados Unidos deverá alcançar os objetivos para 2016.

A reação nos mercados europeus não foi imediata, talvez em parte porque a medida já era esperada. No entanto uma subida das taxas de juro nos EUA, acompanhada pela imprevisibilidade de Donald Trump enquanto presidente da maior economia do mundo, poderá acentuar a tendência de queda da moeda europeia, com alguns traders a preverem que o euro possa valer o mesmo que o dólar durante a presidência Trump.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Euro vive maior ciclo de quedas de sempre

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião